Notícias

20/05/2020 - Caixa tem quase 50% dos casos suspeitos de covid-19 em bancários de PE

Funcionários da Caixa representam quase metade dos casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus entre bancários de Pernambuco, divulgou hoje a Fenae (Federação Nacional das Associações de Pessoal da Caixa Econômica Federal).

No total, 271 bancários de Pernambuco contraíram a covid-19 ou são casos suspeitos da doença. Destes, 105 são empregados da Caixa Econômica Federal, sendo que, entre eles, 54 são casos suspeitos. O número representa 46% dos 116 trabalhadores de seis bancos com suspeitas da doença no estado.

O levantamento, atualizado na sexta-feira (15), foi feito pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco e a Associação do Pessoal da Caixa.

Uma agência no centro de Caruaru (168 km do Recife) suspendeu o atendimento na quinta-feira por suspeita de funcionários infectados.

A Fenae entende que os riscos podem aumentar para os bancários da Caixa com o pagamento, a partir de hoje, da segunda parcela do auxílio emergencial, anunciado pelo governo federal.

“A insistência do governo em manter o pagamento do auxílio centralizado na Caixa é uma atitude irresponsável, criminosa, com riscos enormes não só para os mais de 50 milhões de beneficiários, que têm enfrentado filas e aglomerações nas agências, como também para os 50 mil bancários da Caixa à frente deste atendimento essencial à população”, afirma Sérgio Takemoto, presidente da Fenae.

De acordo com Takemoto, quase 20 milhões de cadastrados no Bolsa Família poderão fazer o saque do auxílio a partir de hoje.

Confirmações de casos 


De acordo com a Associação do Pessoal da Caixa e o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, o estado registra, até o momento, 155 casos confirmados de trabalhadores com covid-19. Além da Caixa (51 casos), têm funcionários infectados os bancos Santander (35), Bradesco (32), Itaú (19), do Brasil/BB (14) e do Nordeste/BNB (4).

Entre as 116 suspeitas, são 54 casos na Caixa, 31 no Santander, 16 no Bradesco, 8 no BB, 5 no BNB e 2 no Itaú.

“Até agora, não se fez uma ampla e efetiva campanha de informação à sociedade, que acaba recorrendo às agências para o cadastramento ao auxílio (que só pode ser feito pela internet ou por aplicativo de celular) ou para situações que poderiam ser resolvidas por telefone. Equívocos claros do governo e que impossibilitam a solução definitiva dos problemas que estamos vendo desde o início de abril”, diz o presidente da Fenae.

Além de ofícios à direção da Caixa e ao Ministério da Saúde solicitando, entre outras medidas definitivas, a descentralização do pagamento do auxílio emergencial e a realização de uma abrangente campanha informativa à sociedade, a Fenae e o movimento sindical enviaram ofício ao governador da Bahia, Rui Costa, presidente do Consórcio do Nordeste, pedindo apoio aos nove governadores da região para a organização das filas e aglomerações em agências da Caixa.

Ceará tem 12 agências fechadas 


No Ceará, 12 agências da Caixa estão fechadas por suspeitas ou confirmações de empregados contaminados pela covid-19. As unidades fechadas estão localizadas em:

Fortaleza
Baturité
Camocim
Cascavel
Horizonte
Itaitinga
Limoeiro
Pacajus
Pecem
Sobral
Tauã 

Fonte: UOL

Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

13/05/2020 - Enfrentamento da pandemia do Covid 19 – Videoconferência Fenaban

Na tarde desta terça-feira (12/05), após dois meses de negociações para enfrentamento do Covid 19, ciente da proximidade do pico da pandemia, a Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação – CEBNN/CONTEC realizou a 6ª reunião por vídeo com a Comissão de Negociação da FENABAN.

 

O Presidente da Contec, Lourenço do Prado, deu início à reunião homenageando o advogado gerente do jurídico da Caixa em Belém/PA, Dr. José Carlos Pinotti Filho, que perdeu a vida nesta segunda-feira (11/05), vítima do covid-19.

 

Na reunião de hoje, a CEBNN Contec buscou sensibilizar a FENABAN da necessidade de:

1) agilização no atendimento quando trabalhador testar positivo, bem como celeridade na desinfecção do ambiente de trabalho;
2) padronização na reação para casos de testes positivos;
3) disponibilização de mais aparelhos de medição de temperatura;
4) campanha junto aos gestores para não dificultarem o afastamento de colegas com sintomas do covid-19;

 

A FENABAN informou que não tem autorização para negociar as questões objetos das MPs 927 e 936. No entanto, afirmou que há a possibilidade de negociação com cada banco. Salientou que bancos estão convencidos de que a segurança está no distanciamento social, uso de máscaras e higiene adequada.

 

Lembrou que as negociações possibilitaram a construção de mecanismos de telemedicina adotado, com repercussão positiva para milhares de bancários.

 

Volta a parabenizar trabalho dos dirigentes sindicais que lograram êxito em negociar o fortalecimento do isolamento social para a categoria, evitando milhares de contaminações e, por conseguinte, salvando muitas vidas.

 

ORIENTAÇÃO: Pedimos divulgar as informações junto à todas as entidades filiadas e aos(às) bancários(as) em geral, solicitando que estes façam as denúncias pertinentes aos Sindicatos pelos meios virtuais.

Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação – CEBNN/CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

12/05/2020 - Hoje (12/5), às 14h, reunião com a FENABAN sobre a pandemia do COVID 19

Está marcada nova reunião,  por videoconferência,  entre a CONTEC e a FENABAN, no dia 12/05/2020 (terça-feira), às 14 horas, para avaliação das providências de  defesa da saúde dos bancários, contra o novo coronavirus  (Covid – 19).

Os convites a todos os participantes da reunião serão enviados pela FENABAN, como nas vezes anteriores.

 

Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

22/04/2020 - Antecipação de férias no Bradesco

O Banco Bradesco informou que decidiu antecipar as férias de parte dos seus funcionários por conta da pandemia de coronavírus. A instituição justifica a necessidade em função do planejamento de ações futuras para atender demandas represadas.

Segundo o Bradesco, 90% dos funcionários de departamentos não estão nos locais de trabalho. Destes, parte está em home office e parte sem função. Já nas agências, o banco informou que aproximadamente 51% está na rede e os outros 49% ou estão em home office ou em esquema de rodízio, ou são grupo de risco.

O banco irá antecipar férias de trabalhadores incluídos no grupo de risco, que estão afastados, e daqueles que estão em home office, mas com as funções prejudicadas. No entanto, não soube precisar o número total de bancários nessas situações.

A antecipação de férias só acontecerá a partir de maio, e o banco garantiu que os gestores informarão os trabalhadores o mais rápido possível.

O Bradesco também informou que irá pagar o 1/3 das férias, mas que o crédito será na folha do mês. Se o trabalhador tiver as férias antecipadas para maio, por exemplo, ele receberá o 1/3 de férias no final de maio.

 

Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Regiao

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

13/04/2020 - Vacinação H1N1 nos bancos Itaú, Bradesco e Santander

A vacinação contra H1N1 dos funcionários do Itau-Unibanco, Bradesco e Santander deve acontecer a partir do dia 15 de abril. As vacinas são importadas e já estão chegando no Brasil.

Confira como será a logística de distribuição por banco:

Itaú- Unibanco
Todos funcionários serão orientados pela rede interna já que muitos estão em trabalho remoto ou, em isolamento social, e uma parte das agências fechadas.

Bradesco
Para os que estão em trabalho remoto, a comunicação será por VPN. Já os demais, o banco ainda está estudando uma forma de incluir os dependentes. Logo mais informaremos.

Santander
A logística do banco é marcar uma central nas localidades e, vacinar em esquema Drive-Thru. Ou seja, vacinação sem sair do carro. Logo mais passaremos informações.

 

Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

27/02/2020 - Edital de Convocação - Assembléia Geral Extraordinária - Banco Santander S/A.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

 

 O Presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Curvelo e Região no uso de suas atribuições estatutária, CONVOCA todos os empregados do Banco Santander S/A para uma Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 28 de fevereiro de 2020, em 1ª convocação às 10:00 horas e, em 2ª convocação, às 10:30 horas, na sede do Sindicato, sito à Avenida Othon Bezerra de Mello, nº 1315, Bairro Centro, CEP 35790-048 em Curvelo-MG, a fim de tratar da: A) Renovação do Aditivo do Santander e Santander Banespa 2020/2022; e B) Renovação do Acordo da PPRS  2020/2021. Curvelo (MG), 27 de fevereiro de 2020. Heldair Pereira Mariz - Presidente.

_____________________________________________________________________________________________________________________________

14/02/2020 - BB pagará PDG no dia 21/02

O Banco do Brasil comunicou que pagará a PLR apenas após a divulgação dos dividendos, prevista para o próximo dia 5 de março. Antes do carnaval, o banco planeja apenas o pagamento do Programa Extraordinário de Desempenho Gratificado (PDG), que será creditado no dia 21/02 (sexta-feira).

Fonte: Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

11/02/2020 - Banco Santander pagará PLR no dia 28/02

O Banco Santander afirmou que pagará a antecipação da Participação de Lucro e Resultados (PLR) no próximo dia 28 de fevereiro.

A CONTEC solicitou há alguns dias que o pagamento fosse feito.

Fonte: Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

10/02/2020 - Bradesco paga antecipação da PLR amanhã (11/02)

O Banco Bradesco informou que vai pagar os valores da antecipação da PLR nesta terça-feira (11/02). A iniciativa atende ao pedido formal da CONTEC, que há alguns dias encaminhou ofício a todos os bancos, públicos e privados, solicitando o pagamento.

 

 

Fonte: Diretoria Executiva da CONTEC

Seeb Curvelo e Região

_____________________________________________________________________________________________________________________________

 

07/01/2020 - PLR, segunda parcela será paga quando em 2020?

A Pergunta sobre Participação nos Lucros e Resultados é comum nesta época do ano

Passadas as festas de Natal e Ano novo, e começando a chegar aquelas contas ‘típicas’ de janeiro, muitos bancários já começam a pensar em três letras conhecidas das categoria: PLR.

No caso, o interesse é em saber quando vai cair a 2ª parcela da Participação dos Lucros e Resultados. O que uma parte dos trabalhadores e trabalhadoras talvez não saiba, é que a PLR não é um ‘presente’ dado pelos banqueiros! Ela é fruto de muitas lutas do movimento sindical da categoria.

Bancários e bancárias foram os primeiros trabalhadores a conquistar o direito à PLR previsto na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), em 1995. Pelo acordo atual, os bancos privados têm que pagar a PLR até 3 de março deste ano (referente ao exercício 2019).

Para os bancários da Caixa Econômica Federal, o pagamento deve ser feito até 31 de março. Já para os trabalhadores do Banco do Brasil, a parcela da PLR referente ao 2º semestre de 2019 chega "em até dez dias úteis após a data de distribuição dos dividendos ou JCP-Juros sobre Capital Próprio aos acionistas".

Apesar do estabelecimento de datas-limite, os banqueiros têm plenas condições de pagar os trabalhadores antes dos prazos máximos.

Aprimorado
O direito à PLR foi aprimorado durante a Campanha Salarial de 2007, quando foi garantido o valor adicional ao benefício. Posteriormente, em 2013, foi conquistado outro avanço: os bancários e bancárias têm direito à PLR sem IR para determinados valores e, a partir destes, descontos progressivos.

Para fortalecer as lutas da categoria e garantir a manutenção e conquista de direitos, é fundamental que bancários e bancárias estejam cada vez mais unidos e mobilizados. Por isso a importância da sindicalização!

Fonte: Feeb/PR

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

13/12/2019 - Novo CCT da Fenaban blinda efeitos da MP 905

Os trabalhadores bancários podem respirar um pouco mais aliviados. Na terça-feira passada (10/12), a CONTEC conseguiu assinar com a Fenaban um aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), garantindo a manutenção de todos os diretos firmados e estabelecendo a necessidade de acordo prévio no caso de uma alteração legislativa que impacte no dia a dia da categoria. Com isto, ficam suspensos os efeitos da MP 905, que previa a implementação do trabalho as sábados.

“É uma grande vitória para a categoria. Mas precisamos continuar lutando para que no Congresso Nacional essa medida seja enterrada de vez”, explica o presidente da Contec, Lourenço Ferreira da Prado.

Além de evitar surpresas negativas no futuro, o aditivo avançou no sentido de expressar claramente que a jornada do bancário é de seis horas diárias, sendo cumpridas nos dias úteis: de segunda a sexta-feira.

O acordo fixa ainda que o sábado é dia útil não trabalhado. “Foi uma negociação foi difícil, mas garantimos a redação de um aditivo que não permite qualquer alteração à CCT e ainda melhora alguns termos firmados em certos pontos, como a definição expressa de que a jornada deve ser cumprida de segunda a sexta-feira”, explica Prado.

Ele destaca que o novo CCT garante ainda que, até 31 de dezembro de 2020, os bancos não façam contratação de bancários dentro do modelo “Verde Amarelo”. Ou seja, todos os bancários que vierem a ser contratatos, receberão o piso da categoria, já que a MP 905 permitia essa contratação por salário inferior ao piso.

Para ler a íntegra do aditivo à CCT, clique abaixo:

CCT Aditiva CONTECxFENABAN

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

13/12/2019 - Novo CCT da Fenaban blinda efeitos da MP 905

Os trabalhadores bancários podem respirar um pouco mais aliviados. Na terça-feira passada (10/12), a CONTEC conseguiu assinar com a Fenaban um aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), garantindo a manutenção de todos os diretos firmados e estabelecendo a necessidade de acordo prévio no caso de uma alteração legislativa que impacte no dia a dia da categoria. Com isto, ficam suspensos os efeitos da MP 905, que previa a implementação do trabalho as sábados.

“É uma grande vitória para a categoria. Mas precisamos continuar lutando para que no Congresso Nacional essa medida seja enterrada de vez”, explica o presidente da Contec, Lourenço Ferreira da Prado.

Além de evitar surpresas negativas no futuro, o aditivo avançou no sentido de expressar claramente que a jornada do bancário é de seis horas diárias, sendo cumpridas nos dias úteis: de segunda a sexta-feira.

O acordo fixa ainda que o sábado é dia útil não trabalhado. “Foi uma negociação foi difícil, mas garantimos a redação de um aditivo que não permite qualquer alteração à CCT e ainda melhora alguns termos firmados em certos pontos, como a definição expressa de que a jornada deve ser cumprida de segunda a sexta-feira”, explica Prado.

Ele destaca que o novo CCT garante ainda que, até 31 de dezembro de 2020, os bancos não façam contratação de bancários dentro do modelo “Verde Amarelo”. Ou seja, todos os bancários que vierem a ser contratatos, receberão o piso da categoria, já que a MP 905 permitia essa contratação por salário inferior ao piso.

Para ler a íntegra do aditivo à CCT, clique abaixo:

CCT Aditiva CONTECxFENABAN

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

12/12/2019 - Edital de Convocação - Assembleia Geral Extraordinária - Banco Mercantil do Brasil s/A

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

 

 O Presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Curvelo e Região no uso de suas atribuições estatutária, CONVOCA todos os empregados do Banco Mercantil do Brasil S/A para uma Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 18 de dezembro de 2019, em 1ª convocação às 08:00 horas e, em segunda convocação, às 10:00 horas, na sede do Sindicato, sito à Avenida Othon Bezerra de Mello, nº 1315, Bairro Centro, CEP 35790-048 em Curvelo-MG, a fim de tratar da aprovação ou não da Convenção Coletiva referente a PLR de 2020. Curvelo (MG), 11 de dezembro de 2019. Heldair Pereira Mariz - Presidente.

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

05/12/2019 - Cursos Profissionalizantes em EAD

O SEEB CURVELO E REGIÃO JUNTAMENTE COM A FEDERAÇÃO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS DOS ESTADOS DE MINAS GERAIS, GOIÁS, TOCANTINS E DISTRITO FEDERAL e INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA  HEILER ALVES DA ROCHA - INET-HAR em parceria com a SOS TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO vem oferecer mais uma oportunidade para a qualificação e o crescimento profissional que são os CURSOS PROFISSIONALIZANTES em EAD (cursos à distância). 

 

Estes cursos podem ser feito para todo o público, inclusive para aqueles que aderiram o PDV, pois os ex-funcionários bancários recebem uma ajuda de custo para fazer um curso de qualificação.  

 

OBS.: Para os ex-funcionarios bancários, para iniciarmos a inscrição do curso, favor já nos encaminhar o REQUERIMENTO PARA PAGAMENTO DO BENEFÍCIO DE REQUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL  preenchida, requerimento este que os Bancos encaminharam.

 

Segue, abaixo, os cursos profissionalizantes que são oferecidos:

- Empreendedorismo Digital;

- Art & Design;

- Office Empresarial

 

Para maiores informações, entrar em contato através do email (feebmg@feebmg.org.br / contato@inet-har.org.br) ou via telefone (31.3439.2600 / 31.3439.2626).

Fonte: Feeb MG, GO, TO e DF

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

04/12/2019 - Inscrições para Bolsa Auxílio Educação do Itaú Unibanco até dia 22 de janeiro de 2020

Os bancários do Itau Unibanco interessados em participar do Programa Bolsa Auxílio Educação para o ano de 2020 deve se inscrever para concessão do benefício até o dia 21/01/2020.  

Segundo a instituição, a novidade é a expansão para cursos à distância (EAD), desde que reconhecidos pelo MEC.

As inscrições para concessão em 2020 devem ser feitas com no Portal Itaú Unibanco > feito para mim > painel do colaborador > benefícios > bolsa auxílio educação > inscrever para o ranking.

Detalhes e mais informações sobre os benefícios, regras de elegibilidade e condições, poderão consultar a RP-59 disponível no Portal Itau ou encaminhar as dúvidas para o e-mail: beneficios.auxilioeducacao@itau-unibanco.com.br

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

29/11/2019 - Transferências Compulsórias - Banco do Brasil S/A

Colegas,

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Curvelo e Região comunica que entrou com Ação Judicial em desfavor do Banco do Brasil S/A, pleiteando o cancelamento das Transferências Compulsórias adotadas pelo Banco.

Na oportunidade, o SEEB Curvelo e Região orienta que os funcionários SE ABSTENHAM de assinarem quaisquer documentos, encaminhados pelo Banco do Brasil S/A, sobre o assunto.

A ação coletiva cujo número processual cadastrado é o 0011597-22.2019.5.03.0056

Diretoria do Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

20/11/2019 - Edital de Convocação - Eleições Sindicais - Inscrições abertas

O Presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Curvelo e Região, no uso de suas atribuições estatutárias (Artigo 14, “d”), CONVOCA todos os associados em dia com suas obrigações sociais e aptos a votar, para as eleições sindicais  que  serão realizadas nos dias 28 e 29 de janeiro de 2020, das 9:00  às 18:00 horas, na sede desta entidade, à Av. Othon Bezerra de Mello, 1315, Centro, em Curvelo – MG,  para Eleição do Sistema Diretivo do Seeb Curvelo e Região, compreendendo este a Diretoria Executiva, o Conselho Fiscal e Delegados Representantes junto às Entidades de Grau Superior, Efetivos e Suplentes, para o mandado de 21/03/2020 a 20/03/2024. Para o registro de chapas ficará aberto o prazo de 05 (cinco) dias, a contar da data da publicação deste Edital, nos termos do artigo 62 do Estatuto da Entidade. O requerimento de registro de chapa acompanhado de todos os documentos exigidos no artigo 64 do Estatuto, deverá ser dirigido à Comissão Eleitoral instalada na sede do Sindicato, sito à Av. Othon Bezerra de Mello, 1315, Centro, em Curvelo-MG, CEP 35790-048 e assinado pelo representante da chapa solicitante. O horário de funcionamento da secretaria da Comissão Eleitoral para recebimento de registro de chapas será de 08:00 às 12:30 horas, onde haverá à disposição dos interessados pessoa habilitada para atendimento, informação pertinente ao processo, recebimento de documentos e fornecimento do respectivo recibo. A impugnação de candidaturas deverá ser feita no prazo de 03 (três) dias corridos contados da publicação da relação nominal das chapas registradas, conforme artigos 69 e 71 do Estatuto. Caso não seja obtido “quórum” em primeira convocação, na data e horário acima, as eleições em segunda convocação serão realizadas nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2020, das 09:00  às 18:00 horas e, não atingindo o  “quórum” na segunda votação, a Comissão Eleitoral, no prazo de quarenta e oito  horas, convocará assembleia geral que declarará a vacância da administração a partir do término do mandato dos membros em exercício e elegerá Junta Governativa e um Conselho Fiscal para o Sindicato, realizando-se nova eleição dentro de seis meses (Artigo 96). Em caso de empate entre as chapas mais votadas, aplicar-se-á o disposto do Artigo 90 do Estatuto. Para coleta dos votos será instalada mesa coletora fixa na sede do Sindicato e, nos termos do artigo 78, § 3º do Estatuto, mesas coletoras itinerantes que percorrerão itinerário pré-estabelecido, a juízo da Comissão Eleitoral. Curvelo (MG), 20 de novembro de 2019 – Heldair Pereira Mariz – Presidente.

​______________________________________________________________________________________________________________________________

19/11/2019 - Contec pede na justiça correção das contas do FGTS para securitários e bancários

A CONTEC ajuizou ação coletiva de cobrança das diferenças de correção monetária das contas vinculadas do FGTS, decorrentes da substituição da Taxa Referencial (TR) pelo INPC ou outro índice, que melhor reflita a inflação do período. A medida alcança todos os bancários e securitários do Brasil.

A lei do FGTS assegura que os depósitos sejam corrigidos monetariamente. No entanto, há mais de 28 anos, esses valores estão sendo corrigidos pela TR, que não atinge a finalidade da correção justa. Ou seja, acaba não refletindo a inflação e não preserva o valor de compra da moeda.

A ação coletiva foi protocolada na 1ª Vara Federal Cívil, cujo número processual cadastrado é o 1035691-14.2019.4.01.3400.

Fonte:Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

19/11/2019 - CASSI: Vamos lutar por ela ou entregá-la?

VOTE NÃO - NÃO TENHA MEDO - A CASSI TEM JEITO 

PREMISSAS DEFINIDAS ORIGINALMENTE PELAS ENTIDADES:

Em maio/2015, as entidades que compõem a Comissão Nacional de Negociação, definiram as seguintes premissas e princípios que devem nortear a proposta de reequilíbrio para o Plano de Associados:

1. manutenção do princípio da solidariedade no rateio dos custos da CASSI;

2. manutenção do acesso a todos os funcionáriosdo BB – ativos e aposentados – ao plano de Associados;

3. manutenção da proporcionalidade contributivaentre associados e BB; e,

4. manutenção da gestão compartilhada com o BB.

O QUE OCORRERÁ SE A PROPOSTA DO BANCO FOR REJEITADA

1. Manutenção do direito a assistência à saúde nos moldes assegurados pelo Banco por ocasião da contratação dos funcionários (Plano de saúde de benefício definido);

2. O banco se verá obrigado a negociar verdadeiramente, já que a contratação de outro plano de saúde para prestar assistência à saúde dos funcionários e aposentados – vistoque atualmente nosso plano é BD e o banco é responsável solidário – sairia mais caro para a empresa. E ninguém rasga dinheiro;

3. Como o BB tem ações na bolsa de valores e a alínea “b” do art. 35 da Resolução CVM 695 é expressa no sentido de que as entidades participantes (no caso, o BB) não podem se retirar do plano sem o pagamento da contribuição pelos benefícios adquiridos pelos empregados até a data de sua retirada, além de exigir que, se o custo final dos benefícios já adquiridos na data a que se referem as demonstrações contábeis for maior do que o esperado, a entidade (entenda-se BB) tem que aumentar as suas contribuições ou persuadir os empregados a aceitar uma redução nos benefícios, o banco terá que efetivamente negociar com os representantes dos associados;

4. Depois da direção fiscal, vem a intervenção, que poderá durar muito tempo, como tem ocorrido com vários Planos de Saúde em condições bem piores – incomparáveis – à da CASSI.

O QUE OCORRERÁ SE A PROPOSTA DO BANCO FOR APROVADA

1. Haverá uma sobrevida da CASSI de dois anos;

2. Renúncia dos associados ao Plano de saúde de benefício definido, que fica descaracterizado;

3. Alteração da proporcionalidade contributiva, com inversão da proporcionalidade, visto que congela a contribuição permanente do banco em 4,5%, transferindo integralmente aos associados a responsabilidade de pagar/completar a diferença dos recursos necessários, que no ano passado já era da ordem de 14%; Lembrando que a proposta do BB é de taxa de administração é temporária e institui as contribuições por dependentes, cuja participação do banco se limitam aqueles relativos aos funcionários da ativa, descaracterizando o benefício definido; Destacando que o enxugamento da base de associados também desencadeará perdas para a CASSI;

4. Instituição o voto de “qualidade” (minerva) na Diretoria, possibilitando que, em casos de conflitos entre os interesses dos associados e do Banco, o presidente da Cassi desempate a votação;

5. Antecipação da implementação da Resolução CGPAR 23, desprezando que a mencionada norma se encontra sub judice, inclusive a liminar deferida que suspendeu a sua aplicação;

6. Logo após a implementação da proposta teremos que pedir nova negociação para encontrar alternativa de sustentabilidade mais perene para a CASSI, visto que a proposta objeto da consulta no período de 18 a 28/11 é de curta duração, chegando, no máximo, a 2021;

7. Num prazo relativamente curto, estaríamos expulsando do plano, por falta de capacidade de pagamento, cerca de 20 mil famílias dos colegas que ganham abaixo de R$ 4.000,00; e,

8. Quebra o princípio da solidariedade, passando a instituir cobrança por dependentes e tratar de forma diferente os dependentes dos ativos e os dependentes dos aposentados.

PROPOSTA DA CONTEC:

A CONTEC defende uma solução equilibrada, que concilie as limitações do banco com as limitações dos associados, com incremento necessário nas contribuições pelas duas partes, passando os associados para 5,6% dos vencimentos/proventos e o banco para 8,4%, mantendo a proporcionalidade contributiva (60 x 40) e as características de Benefício Definido do Plano Associados, com gestão paritária (sem votos de minerva), mesmo tratamento aos ativos e aposentados, com admissão dos funcionários novos como associados à CASSI, devendo o acréscimo de contribuição dos associados manter a mesma temporariedade/duração do acréscimo de contribuição a ser feito pelo banco, deixando a questão da CGPAR 23 (cujo texto só exige implantação para janeiro/2022) para discutir até 2021, visto que o perfil da proposta do BB é de curtíssima duração e teríamos que dar continuidade na busca de uma sustentabilidade mais perene para a CASSI.

Defenda seus direitos, diga NÃO à proposta do BB, para negociarmos uma solução equilibrada e sem a retirada de direitos dos associados.

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

01/11/2019 - Caixa Econômica Federal reabre Programa de Desligamento Voluntário 2019

A partir desta sexta (1º) até o 8 de novembro os empregados poderão optar pela adesão. Instituição limita os desligamentos ao máximo de mil empregados.

A CAIXA anunciou a reabertura do Programa de Desligamento Voluntário (PDV) 2019 com o limite de 1 mil adesões e incentivo financeiro equivalente a 9,7 remunerações base. Os interessados devem aderir, entre os dias 1º a  8 de novembro, formalizado o pedido pelo sistema sipga.caixa.

O vice-presidente de Gestão de Pessoas (VIPES) da empresa, Roney Granemann, disse considerar a reabertura do PDV uma nova oportunidade:  “Atende aos anseios dos colegas que não tiveram a oportunidade de aderir anteriormente, bem como para aqueles que aproveitarão a oportunidade para a construção de um novo ciclo de vida”.

O empregado que desejar aderir deve preencher pelo menos um dos seguintes pré-requisitos:

•    Aposentados pelo Órgão Oficial de Previdência Social (INSS) até a data de desligamento (sem exigência de tempo mínimo de efetivo exercício na CAIXA), exceto aposentadoria por invalidez; ou

•    Aptos a se aposentarem pelo INSS até 31/12/2019 (sem exigência de tempo mínimo de efetivo exercício na CAIXA), exceto aposentadoria por invalidez; ou

•    Com no mínimo 15 anos de efetivo exercício de trabalho na CAIXA, no contrato de trabalho vigente, até a data de desligamento; ou

•    Com adicional de incorporação de função de confiança/cargo em comissão/função gratificada até a data de desligamento (sem exigência de tempo mínimo de efetivo exercício na CAIXA).

Uma vez aceito o pedido, o desligamento do empregado ocorrerá em dois períodos de acordo com a lotação administrativa do empregado:

•    Lotados em unidades da Matriz, Centralizadoras e Filiais ocorrerá entre os dias 2 de e 6 de dezembro de 2019;

•     Lotados nas SR e Rede de Agências entre os dias 16 e 20 de dezembro de 2019.

O período para entrega de documentos comprobatórios ocorrerá no mesmo período de adesão (1º e 8 de novembro). A não entrega dos documentos no período estipulado acarretará em cancelamento da inscrição.

Segundo a CAIXA, os desligamentos estarão limitados a 1 mil adesões. Caso o número de pedidos supere o limite, a escolha dos empregados obedecerá a seguinte ordem de critérios:

•    1º Critério: Empregados já aposentados pelo INSS;
•    2º Critério: Maior Remuneração Base (Referência: 31 Dezembro de 2018);
•    3º Critério: Maior idade (Referência: dia da adesão ao PDV);
•    4º Critério: Maior tempo efetivo de CAIXA.

Os empregados inscritos receberão e-mail no dia 18 de novembro informando o resultado dos seus pedidos de adesão.

INCENTIVO – O incentivo financeiro será equivalente a 9,7 remunerações base do empregado, considerando como referência a data de 31 de dezembro de 2018, e pago em parcela única.

Por se tratar de verba de caráter indenizatório, não haverá incidência de Imposto de Renda, recolhimento de encargos sociais e contribuição à FUNCEF.

Saúde CAIXA – O plano de saúde será assegurado para os empregados optantes, que atendam a pelo menos uma das seguintes condições:

•    Aposentados pelo INSS durante a vigência do contrato de trabalho com a CAIXA; ou
•    Admitidos já na condição de aposentados pelo INSS com o mínimo de 120 meses de contribuição para o Saúde CAIXA; ou
•    Empregados que não estão aposentados pelo INSS na data do desligamento, mas que venham a se aposentar até 31 de dezembro de 2019. Nesse caso, o empregado deve comprovar a aposentadoria junto à Caixa até 31 de março de 2020.

Para os empregados que não se enquadram nesses requisitos ou caso o empregado não comprove aposentadoria pelo INSS no prazo estipulado, o Saúde CAIXA será mantido somente por 24 meses, contados a partir da data de desligamento e sem possibilidade de prorrogação.

Afastados ou cedidos – Os empregados afastados (LIP, LAC, LTS, LED, mandato eletivo, liberado para entidade sindical/associativa, que se encontre fora do país, etc.) e os cedidos que quiserem aderir ao programa, deverão fazer a solicitação à Centralizadora Nacional de Gestão de Pessoas – CEPES – por meio da caixa postal cepes25@caixa.gov.br

Nesses casos, o prazo para o pedido é o mesmo: de 1 e 8 de novembro.

Processo Disciplinar – O empregado que estiver respondendo a Processo Administrativo Disciplinar em qualquer uma de suas fases pode aderir ao PDV. Entretanto, o desligamento, fica condicionado ao processo disciplinar ser concluído até o primeiro dia de desligamento de cada etapa e não resulte em penalidade passível de rescisão por justa causa.

Vale ressaltar que a adesão é voluntária e a prerrogativa de acatar ou não é da CAIXA.

Dúvidas –  As dúvidas deverão ser encaminhadas à CERAT, por meio do endereço eletrônico http://servicos.caixa ou pelo Chat http://atendimentoonline.caixa.

Os esclarecimentos específicos sobre INSS e Funcef deverão ser solicitados por meio dos canais de atendimento dessas instituições:

•    Funcef: www.funcef.com.br ou telefone 0800 706 9000.
•    INSS: www.inss.gov.br ou telefone 135.

Fonte: Contec / Caixa Econômica Federal

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

11/10/2019 - Pedido de Ajuda do Instituto do Câncer de Curvelo 

O Hospital Imaculada Conceição é o maior prestador de serviço de saúde pelo SUS – Sistema Único de Saúde da Região de Saúde de Curvelo.

Recentemente, foram necessários investimentos financeiros para estruturação e ampliação de sua capacidade para atender especialmente ao paciente oncológico, dado o início das atividades do serviço de oncologia o “ O Instituto do Câncer”.

Diante da expansão do nível de complexidade e da baixa remuneração pelos serviços prestados a situação econômica tornou-se frágil, e, esta realidade não é diferente das demais Instituições que atendem ao SUS.

Por isso, o Instituto do Câncer de Curvelo pede a sua ajuda!!!

PARA DOAÇÕES OU MAIORES INFORMAÇÕES LIGUE PARA O NÚMERO (38) 3721-2111 OU (38) 3721-3399.

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

04/10/2019 - Edital de Convocação - Assembléia Geral Extraordinária - Permuta do Terreno do Seeb 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente da entidade supra convoca todos os membros da categoria profissional bancária de sua base territorial, da ativa e aposentados, associados ou não, para participarem e deliberarem na Assembléia Geral Extraordinária do dia 10 de Outubro de 2019 às 18:00 horas, em 1ª convocação, ou às 18:30 horas, em 2ª e última convocação, caso não haja quorum na primeira, marcadas ambas para o seguinte endereço: Av. Othon Bezerra de Mello, 1315 – Centro – Curvelo MG, constando da Ordem do Dia a seguinte matéria: 1. Autorização ou não para o Sindicato firmar contrato de permuta de bens, referente a uma faixa de 1.113,40 m² (hum mil cento e treze metros e quarenta centímetros quadrados), do terreno da entidade situado no Bairro Santa Rita, em Curvelo/MG, registrado na matrícula número 2.636, livro 02, do CRI (Cartório de Registro de Imóvel de Curvelo Minas Gerais). Curvelo (MG), 04 de Outubro de 2019. Gilceu Ferreira da Costa. Presidente.

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

17/09/2019 - Reforma Estatutária - Minuta do Novo Estatuto

REFORMA ESTATUTÁRIA - MINUTA DO NOVO ESTATUTO

Em anexo minuta do Estatuto do SEEB Curvelo e Região que será submetido à Assembleia Geral em 17/09/2019.

Minuta do Novo Estatuto - Clique aqui

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

12/09/2019 -  Bancário tem isenção do IR da PLR até o valor de R$ 6.677,25

Os bancários foram a primeira categoria no Brasil a ter direito à Participação nos Lucros e Resultados, após mobilização, em 1995. Em 2003, outro avanço: empregados de bancos públicos também passaram a ter direito à PLR paga pelos bancos privados. Em 2012, nova conquista, quando a PLR passou a ter isenção e descontos na tabela do imposto de renda, dependendo do valor.

Fruto da luta das entidades sindicais de várias categorias, entre elas dos bancários, a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) que deverá ser paga até dia 20 deste mês aos bancários, terá isenção do Imposto de Renda (IR) até o valor de R$ 6.677,55 (ver tabela abaixo).

A PLR é tributada na fonte, em separado dos demais rendimentos recebidos no mês, mediante a utilização de tabela exclusiva, conforme prevê a Lei 10.101/2000. De acordo com a Medida Provisória 597/2012 (convertida na Lei 12.832/2013), na hipótese de pagamento de mais de uma parcela referente a um mesmo ano-calendário, o IR deve ser recalculado com base no total da participação nos lucros recebida no ano-calendário.

A isenção do IR na PLR foi uma conquista de 2010, após intensa luta das entidades sindicais de várias categorias, entre elas os bancários, os metalúrgicos e os petroleiros.

Tabela do IRF - Exclusiva da PLR

Base de cáculo (R$)           Alíquota         Parcela a deduzir do IR (R$)

De 0,00 a 6.677,55                    -                   -

De 6.677,56 a 9.922,28          75%            500,82

De 9.922,29 a 13.167,00        15%           1.244,99

De 13.167,01 a 16.380,38      22,5%         2.232,51

Acima de 16.380,38                27,5%        3.051,53

Fonte: Movimento Sindical / Sindicato dos Bancários de Ponte Nova e Região

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

12/09/2019 -  Itaú paga 13ª cesta alimentação no dia 25/10

O Banco Itaú deve pagar aos seus funcionários os valores referentes a antecipação da 13a. Cesta Alimentação no próximo dia  25 de outubro. A decisão foi comunicada à Contec nesta quinta-feira (12).

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

10/09/2019 -  Bradesco paga PLR no dia 16 de Setembro

O Banco Bradesco informou a CONTEC que vai antecipar o crédito da .1a parcela da PLR na próxima segunda-feira (16/09).

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

09/09/2019 -  Itaú pagará PLR e PCR no dia 20/09

Nesta segunda-feira (9), banco Itaú anunciou que vai creditar no dia 20 de setembro o adiantamento da PLR e o PCR (Programa Complementar de Resultados).

Conforme acordado no ACT, a PLR é composta da regra básica mais adicional. A regra básica corresponde a 54% do salário mais valor fixo de R$ 1.474,42 (reajustado em 4,31%), limitado ao valor individual de R$ 7.916,81 ou a 12,8% do lucro líquido do banco apurado no 1º semestre de 2019, o que ocorrer primeiro.

A parcela adicional é a divisão linear de 2,2% do lucro líquido do 1º semestre de 2019, com limite individual de R$ 2.457,36 (reajustado em 4,31%).

Já o valor  do Programa Complementar de Resultados (PCR) 2019 do Itaú ficou em R$ 2.900, e teve aumento de 9% em relação ao de 2018.

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

06/09/2019 -  Nota técnica sobre o PDV do Bradesco

Segue o link da Nota técnica sobre o PDV do Bradesco - Clique aqui

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

04/09/2019 -  Caixa Econômica Federal paga adiantamento da PLR

A Caixa Econômica Federal creditou na noite de ontem (3) o adiantamento do valor da Participação nos Lucros e Resultados – PLR, exercício 2019.

Conforme o Acordo Coletivo 2018/2020, o banco teria até 20 de setembro para o pagamento mas resolveu adiantar atendendo a um pedido dos representantes dos bancários.

Os valores foram creditados com correção da inflação (no período entre 1º de setembro de 2018 e 31 de agosto de 2019), mais 1% de aumento real.

Quaisquer dúvidas devem ser direcionadas aos seguintes canais:


• On line, via Chat, no endereço: http://ceationline.caixa;
• Intranet, no endereço http://servicos.caixa, categoria “Pessoas”.

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

29/08/2019 -  Banco do Brasil paga PLR nesta sexta-feira (30/08)

O Banco do Brasil informou que pagará, amanhã (30/08), aos seus funcionários, os valores referentes à Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Fonte: Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

20/08/2019 -  Convenção Coletiva garante vantagem mesmo com nova lei do domingo: Entenda

Quase um milhão de trabalhadores de duas grandes categorias, bancários e comerciários, não terão, de imediato, algumas das regras desvantajosas aprovadas na medida provisória da Liberdade Econômica, a minirreforma trabalhista.

O motivo é que convenções coletivas desses profissionais asseguram ao menos dois direitos derrubados pela medida. Os comerciários da capital paulista têm ao menos dois domingos de descanso no mês. Os bancários não são obrigados a trabalhar aos sábados. Enquanto a convenção coletiva de qualquer categoria estiver valendo, a nova lei não poderá mudar as regras acordadas.

Segundo o Sindicato dos Comerciários de São Paulo, a convenção atual, que vence neste mês e está sendo negociada, assegura escala em que são garantidos dois domingos de descanso por mês. A medida é contrária à MP, que autoriza trabalho aos domingos, com uma folga dominical a cada três.

O advogado Maurício Pepe de Lion, do Felsberg Advogados, afirma que nos casos em que há acordo entre patrão e empregado com regra mais vantajosa, vale o acordo, respeitando a reforma trabalhista de 2017. “Se a convenção coletiva estabelecer uma condição melhor aos empregados, valerá a convenção coletiva”, diz ele.

Ricardo Patah, presidente do sindicato dos comerciários e da UGT (União Geral dos Trabalhadores), é enfático ao dizer que a regra dos domingos não valerá em SP, mas poderá ser usada em todo o país. “Para nós isso foi muito ruim”, diz, sobre a minirreforma.

Em nota, a FecomercioSP (federação que representa os patrões) está orientando a manutenção de dois domingos de folga, por haver leis específicas sobre o comércio. “Segundo o princípio da hierarquia das leis, uma lei geral não se sobrepõe a uma lei especial.”

Bancários
Para bancários, categoria com 485 mil profissionais no país, a MP derruba lei nacional e autoriza a abertura dos bancos aos sábados, mas a convenção assinada em 2018, válida até 2020, determina jornada de segunda a sexta-feira, conforme artigo 224 da CLT (Consolidação da Leis do Trabalho). “Os bancos até poderão abrir aos sábados, mas os bancários não são obrigados a trabalhar”, diz Lúcia Porto Noronha, do escritório Crivelli Advogados Associados.

Ponto por exceção começará a valer na publicação da nova lei
A instituição do ponto por exceção, quando o controle da jornada de trabalho é feito só quando há horas extras, por exemplo, valerá imediatamente após a publicação da lei. Segundo o advogado Maurício Pepe de Lion, a medida poderá ser instituída por acordo entre patrão e empregado, como ocorre no banco de horas. “Será como temos hoje, assinando o acordo vai demonstrar que há uma concordância; não poderá impor.” O advogado lembra que a empresa pode ter controle de ponto normal para parte dos profissionais e optar pela jornada de exceção para outros. Ele reforça que, se houver desrespeito aos direitos, o trabalhador poderá ir à Justiça.

Diretor do Dieese critica as mudanças
Para o sociólogo Clemente Ganz Lucio, diretor técnico do Dieese (departamento de estatística), a minirreforma trabalhista vai precarizar ainda mais as relações do trabalho e não trará os efeitos de recuperação da economia desejados. “Chegou-se a uma máxima flexibilização. Temos PJ, terceirizado, autônomo, conta própria, assalariado com carteira. E, agora, o patrão terá poder para não pagar hora extra. É uma prática antissindical.”

Fonte: Seeb Barbacena 

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

 

20/08/2019 -  Baixa adesão ao plano de desligamento do Banco do Brasil

Somente 2.367 funcionários aderiram

O Banco do Brasil vai desligar 2.367 funcionários no âmbito do seu Programa de Adequação de Quadros (PAQ). O número ficou em linha com simulação feita pelo BB e antecipado pela Coluna do Broadcast em 29 de julho. Com os desligamentos, o quadro do banco baixa para 93.681 empregados, considerando a quantidade de funcionários registrada ao fim de junho. Já o número de cortes de pessoal este ano salta para mais de 3 mil em um momento que os grandes bancos de varejo buscar maior eficiência em meio à concorrência frequente com fintechs e outros competidores.

Só que não


No total, o BB recebeu 4,8 mil pedidos de funcionários interessados em deixarem a casa até a última quarta-feira, dia 14, último dia do programa. No entanto, a saída estava condicionada a colaboradores em condição classificada como “excesso” de pessoal ou quando houvesse excesso de interessados na vaga. Essa escolha, inclusive, foi feita de forma automática.

Orçamento


Ao longo dessa semana, o programa do BB continua com movimentações laterais para regularizar excessos e vagas. De imediato, o BB espera gastar R$ 300 milhões com o programa, que inclui a reestruturação de agências bancárias e postos de atendimento. A partir do ano que vem, a expectativa do banco é economia anual de R$ 500 milhões gerada pelo programa. Procurado, o BB não comentou.

Fonte: Estadão / Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

16/08/2019 -  Senado aprova  saque de  FGTS para pagar Faculdade e Cirurgia

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira (14) um projeto de lei que permite o saque das contas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para pagamento de curso de nível superior e para a realização de cirurgias, exceto as estéticas.

Se não houver recurso para votação em plenário, o texto segue direto para a Câmara, já que é terminativo.

A alteração aumenta de 19 para 21 o número de possibilidades para saque das contas. "Entendemos que o FGTS contribuirá para retomar, em parte, a política de ampliação do acesso ao ensino superior. Consideramos que o projeto auxiliará o trabalhador a realizar cirurgia essencial à sua saúde, além de liberar recursos do SUS para outras necessidades", diz o autor da proposta, senador Styvenson Valentim (PODE-RN), em sua justificativa.

O Palácio do Planalto é contra a proposta e tentou adiar a votação, mas foi derrotado. O líder do governo no Senado, FernaBrasília - A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira (14) um projeto de lei que permite o saque das contas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para pagamento de curso de nível superior e para a realização de cirurgias, exceto as estéticas.

Fonte: Folha de Londrina

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

08/08/2019 -  PLR dos Bancários 2019/2020: Primeira Parcela deve ser Paga em Setembro.

Confira as datas em que os bancos devem creditar a Participação nos Lucros e Resultados


Em 2018, os bancários fecharam a Campanha Salarial com um acordo válido por dois anos, até 31 de agosto de 2020. Com isso, já está garantido, para 2019, aumento no valor fixo e limite individual da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e em todas as verbas fixas salariais, como salário básico, vales, auxílios e gratificações. O reajuste será igual ao INPC acumulado entre setembro de 2018 a agosto de 2019, mais 1% de aumento real.

Os acordos assinados pelos bancários também definem datas limites para o pagamento da PLR, quando também são creditados os Programas Próprios de cada banco. Confira a data limite para o pagamento das parcelas da PLR 2019/2020 ou o dia em que será creditado os valores, quando anunciado pelos bancos.

 

Data de pagamento da PLR 2019 – 2020*

Banrisul: Antecipação até 20 de setembro de 2019 | 2ª parcela até 3 de março de 2020;


Bradesco: Antecipação até 20 de setembro de 2019 | 2ª parcela até 3 de março de 2020;


Itaú: Antecipação até 20 de setembro de 2019 | 2ª parcela até 3 de março de 2020;


Santander: Antecipação até 20 de setembro de 2019 | 2ª parcela até 3 de março de 2020;


Banco do Brasil: Até 10 dias uteis após a distribuição de lucros e dividendos aos acionistas. Os pagamentos costumam acontecer em setembro e março;


Caixa: Antecipação até 30 de setembro de 2019 | 2ª parcela até 31 de março de 2020.

*As datas serão atualizadas conforme divulgação das instituições financeiras.

 

Fonte: Seeb POA/ Feeb Paraná

 

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________________

08/08/2019 -   Banco do Brasil tem lucro de R$ 4,2 bilhões no 2º trimestre, alta de 34%

Na comparação com o resultado do 1º trimestre, lucro foi 5% maior.

O Banco do Brasil registrou lucro líquido contábil de R$ 4,2 bilhões no 2º trimestre. O resultado representa um aumento de 34,2% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando a instituição lucrou R$ 3,135 bilhões. Se comparado com o resultado do 1º trimestre, o lucro foi 5,1% maior.

Já o lucro líquido ajustado do banco, que exclui itens extraordinários, somou R$ 4,4 bilhões no período entre abril e junho, valor 36,8% maior se comparado ao mesmo período de 2018.

Segundo o banco, o resultado foi influenciado "pelos aumentos da margem financeira bruta e das rendas de tarifas além do controle de custos, que desempenharam abaixo da inflação".

O retorno sobre o patrimônio líquido do Banco do Brasil, um indicador da lucratividade dos bancos, atingiu 17,6%, ante 16,8% no trimestre anterior. Apesar da alta, o desempenho segue abaixo do registrado pelos concorrentes.

Resultado dos concorrentes

O banco Itaú registrou lucro líquido contábil de R$ 6,815 bilhões no segundo trimestre, um crescimento de 9,1% na comparação com o mesmo período do ano anterior (R$ 6,244 bilhões).

O Bradesco registrou lucro líquido contábil de R$ 6,042 bilhões no segundo trimestre, 33,4% maior em comparação ao mesmo período de 2018.

Já o Santander Brasil registrou lucro líquido de R$ 3,41 bilhões no período de abril a junho.

Fonte: G1/ Seeb Goiás

Seeb Curvelo e Região

___________________________________________________________________________________________________________________________

07/08/2019 -  Nova política de distribuição de lucro deve fazer FGTS render mais que a poupança

Decisão do governo de repassar a totalidade do lucro do FGTS para os trabalhadores deve elevar rendimento do fundo para 6% e superar o que é oferecido pela caderneta.

 

A decisão do governo de ampliar a fatia do lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que chega ao trabalhador tornou a rentabilidade do fundo mais interessante quando comparada com outras aplicações de perfil conservador.

Ao anunciar a liberação dos saques do FGTS, o governo determinou a distribuição de 100% do lucro do FGTS para os trabalhadores a partir deste ano. Com a mudança, a rentabilidade do fundo deve subir para próximo de 6%, segundo cálculos do professor de finanças do Insper Michael Viriato. Se esse rendimento se materializar, ele será maior do que o da poupança, por exemplo, que deve trazer um ganho de cerca de 4% em 2019.

A mudança na remuneração deve começar a partir de agosto, quando os R$ 12 bilhões de lucro do FGTS, em 2018, serão distribuídos integralmente aos trabalhadores.

Antes da mudança anunciada pela equipe econômica, apenas 50% do lucro era distribuído para os trabalhadores. Além desse lucro, as contas do FGTS rendem 3% ao ano mais a Taxa Referencial (TR), que é calculada pelo Banco Central e hoje está próxima de zero.

As mudanças na remuneração do FGTS:

  • O FGTS sempre tem um rendimento garantido de 3% mais a variação da TR;

  • Com a decisão de repassar todo o lucro para o trabalhador, o FGTS deve ter um rendimento próximo de 6% este ano;

  • Se essa rentabilidade se confirmar, deve ser superior ao que é oferecido pela poupança. Produto mais popular do país, a caderneta deve pagar cerca de 4% este ano.

Rendimento FGTS X poupança com distribuição de 100% do lucro

"O FGTS rende mais do que a poupança, mas é um instrumento financeiro diferente. Ele não deveria ser comparado com a poupança", diz Viriato.

Se o FGTS fosse um produto comercializado pela iniciativa privada, ele teria de oferecer um rendimento muito superior por ter um portfólio de perfil mais arriscado, explica Viriato. Boa parte dos recursos do fundo é destinada para investimento do setor imobiliário e de infraestrutura, o que sempre torna o risco de calote elevado.

No mercado financeiro, se um produto tem risco elevado, espera-se que a rentabilidade do produto seja maior. "(Aplicar no FGTS) Seria a mesma coisa se o investidor aplicasse num fundo de crédito arriscado", diz Viriato. "Os recursos do FGTS vão, normalmente, para créditos habitacionais de baixa renda e para operações de infraestrutura e saneamento."

Um produto de perfil similar ao portfólio do FGTS, segundo Viriato, costuma oferecer 12% ao ano.

Além da mudança na distribuição do lucro, há um outro fator que torna a rentabilidade do FGTS interessante. A queda da taxa de juros - para 6% ao ano - deixou as aplicações de renda fixa com um rendimento menor. A inflação controlada dos últimos anos também permitiu que o fundo tivesse um ganho real.

Fonte: G1/ Seeb Goiás

Seeb Curvelo e Região

____________________________________________________________________________________________________________________

05/08/2019 -  Saque de R$ 500 do FGTS começa em 13 de setembro

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira o cronograma do saque especial das contas ativas e inativas do FGTS. De acordo com o calendário de pagamento, quem tem conta na Caixa e nasceu entre janeiro e abril serão os primeiros a serem beneficiados, podendo retirar o dinheiro a partir de 13 de setembro.

Os nascidos em maio, junho, julho e agosto, poderão sacar parte do saldo a partir de 27 de setembro e por último, quem nasceu nos meses setembro, outubro, novembro e dezembro. Nestes casos, o saque será permitido depois do dia 9 de outubro.

Caso o trabalhador tenha conta de poupança na Caixa, o valor será creditado automaticamente. Segundo o banco, 33 milhões de cotistas poderão se beneficiar.  Os trabalhadores terão até abril de 2020 para pedir à Caixa para desfazer o crédito.

Os trabalhadores também poderão recorrer às lotéricas, mas o valor do saque será limitado a R$ 100. Neste caso, será preciso obedecer um cronograma, que vai de outubro de 2019 para nascidos em janeiro e fevereiro até março de 2020 (quem nasceu em dezembro).

O prazo se encerra em 31 de março de 2020. De acordo com a medida provisória (MP), que alterou as modalidades de saque do Fundo, nessa etapa, será permitido retirar até R$ 500 por conta vinculada.

A medida colocará nas mãos  dos trabalhadores R$ 28 bilhões neste ano e mais R$ 12 bilhões em 2019. Foi adotada pela equipe econômica como uma forma de estimular a economia. A MP também cria um nova modalidade de saque, no mês de aniversário do trabalhador, quando ele optar por não retirar os recursos na demissão sem justa causa.

Fonte: O Globo/Contec

Seeb Curvelo e Região

______________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Av. Othon Bezerra de Mello, 1.315 - Centro - Curvelo/MG

Telefax: (+55 0**) 38 3721-2113  CEP: 35.790-000

seeb@seebcurvelo.com

Desenvolvido por:

Luxus produções e marketing curvelo seeb

© 2013 Copyright - SEEB Curvelo e Região